By 

The Walking Dead – Um seriado de zumbis ou de gente ?


Fiz nos últimos dias uma maratona “The Walking Dead” e assisti todos os episódios já lançados.

The Walking Dead conta a história de um pequeno grupo de sobreviventes de um apocalipse de zumbis ou “walkers” como as personagens os denominam. A maior parte da história se passa nos arredores de Atlanta e, em seguida, em torno da região rural do norte da Geórgia. Os sobreviventes são vistos em busca de um refúgio e local seguro, longe das hordas de mortos-vivos, que são chamados por eles de, “caminhantes” ou “mordedores”, pois devoram pessoas e cuja mordida é infecciosa para os seres humanos. Os sobreviventes tem conhecimentos limitados sobre o que realmente está acontecendo no mundo. O enredo da série é voltado principalmente para os dilemas que o grupo enfrenta, como a luta para manterem-se vivos, os sentimentos confusos e os desafios do dia-a-dia em um mundo hostil e praticamente dominado por mortos-vivos (Wkipedia).

O grupo é liderado por Rick Grimes, que ocupava o posto de vice-xerife de uma pequena cidade antes do surto de zumbis. Juntos precisam adquirir novos meios apropriados de convívio social agora que as estruturas da sociedade entraram em colapso e a realidade se tornou atípica (Wikipedia).

Confesso, que filme de zumbis nunca foi um assunto, que me atraía tanto, mas em 2013, quando estive na San Diego Comic Con, fiquei surpreso com o tamanho monstruoso do estande do seriado e a quantidade de gente que gostava do assunto.

Pois bem, “mandei ver” nestas férias e virei várias noite, em algumas fui até sete da manhã do outro dia, assistindo os episódios (eu não conseguia parar) e gostei muito do resultado.

Apesar dos zumbis estarem lá o tempo todo, o seriado, a meu ver, trata da condição humana e isso é o que faz tão empolgante.

Se o Estado acabasse hoje, se as leis ruíssem, se a Polícia não existisse mais, e numa situação de calamidade, como o ser humano reagiria ?

Bem, a degradação do ser humano por conta disso, voltando a uma era primitiva, a desesperança, as mortes (aqui fica igual Game of Thrones) e esse vilão psicopata Negan ( Jeffrey Dean Morgan, o Comediante de Watchmen) trazem “pesadelos” para a gente.

A série vai bem até agora, mas é visível que dá pequenos sinais de cansaço.

Espero que encerrem com mais duas temporadas e que o final seja otimista.

Dou 5 de 5 estrelas.

Lélio Pendragon
Sobre o autor

Lélio Pendragon é um autor de histórias de fantasia. Depois de atuar por mais de uma década na publicação de livros jurídicos, ele se dedica, na atualidade, ao desenvolvimento do site “Batalha dos Nerds” e da saga de fantasia “A Irmandade dos Párias”. Colecionador de trilhas sonoras de filmes desde 1980, o autor é inspirado fortemente pelos filmes: Star Wars, Star Trek, Senhor dos Anéis, Dragonslayer (1981), Krull (1983), Fúria de Titãs (1981), Tron (1982), Willow – na terra da Magia (1988) , Trovão Azul (1984) e A Lenda (1985).

VOCÊ PODERÁ GOSTAR DE:

Trilogia A Busca do Graal (O Arqueiro, o Andarilho e o Herege) - Bernard Cornwell
Trilogia A Busca do Graal (O Arqueiro, o Andarilho e o Herege) – Bernard Cornwell
February 01, 2017
Mundo sem fim - Minissérie - drama medieval
No Netflix – Mundo sem Fim (2012) – Ken Follett – drama medieval.
January 28, 2017
13 horas: os soldados secretos de Benghazi - guerra/ação
13 horas: os soldados secretos de Benghazi – guerra/ação
January 27, 2017
Os Últimos Cavaleiros (The Last Knights) – aventura/drama
January 27, 2017
Os Eleitos: Onde o Futuro Começa - The Right Stuff, 1983
Os Eleitos: Onde o Futuro Começa – The Right Stuff, 1983
January 22, 2017
Legends Of Tomorrow - seriado.
Legends Of Tomorrow – seriado -super heróis – DC Comics
January 19, 2017
Westworld: o seriado que destrói cabeças (HBO), 2016
Westworld: o seriado que destrói cabeças (HBO, 2016) – ficção-científica/western
January 18, 2017
USS Indianapolis: homens de honra (2016) - filme - drama/guerra.
USS Indianapolis: homens de honra (2016) – filme – drama/guerra.
January 17, 2017
Dica de livro – O arqueiro – A busca do Graal (1/3) -Bernard Cornwell
January 16, 2017